Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘filtro solar’

Diversidade cultural: esse é o fantasma que assombra a vida de um expatriado. Todas as teorias a respeito são muito interessantes mas, na verdade, nenhuma teoria chega perto do que é o tal do choque de culturas.

Antes de nos mudarmos para a Coréia, tivemos o privilégio de participar de um treinamento cultural com uma antropóloga carioca, a Lucy. Esse treinamento foi essencial para nossa vinda aqui, pois preparou o terreno para tudo o que estava por vir. Lucy, obrigada por nos ensinar o uso das “lentes culturais”! Elas realmente amplificam a nossa tolerância!

A realidade é que, diversidade cultural no dia-a-dia, podem e afetam o nosso dia-a-dia, das formas mais inusitadas e inesperadas. É por isso que nenhuma teoria vai conseguir descrever o que é diversidade, pois as diferenças REALMENTE estão nos olhos de que as vê! Quero, então, partilhar as minhas experiências pessoais. Coisas comuns e banais do dia-a-dia, as quais no Brasil são totalmente transparentes aos nossos olhos; enquanto que aqui na Coréia… Haja fé, viu? 🙂 Olha só:

Verão de 2006, Coréia do Sul. Calor enorme, alguns dias com 37 graus à sombra, umidade relativa do ar a 95%, próxima da necessidade de usar um escafandro. Dentro que qualquer lugar, ar condicionado por volta dos 21 graus; na rua, andar pelado não resolve o problema. Solução: passar o final de semana inteiro na piscina do clube que somos sócios aqui!

Pois bem. Como aqui a camada de ozônio ainda está inteira (olha só!), se a gente usar FPS 30 direto acabamos como aquele bronzeado-escritório no final do verão. Então, com o passar das semanas, vamos diminuindo o FPS e ganhando aquele bronze café-com-leite. Ah, me passa do FPS 20? Xi, acabou… E o 15? Xiiiii, acabou também! Ah, beleza, vamos no supermercado saindo daqui prá comprar protetor!

Supermercado, sábado, 5 e meia da tarde, pós-piscina do clube. Prateleira de protetor solar. FPS 50, FPS 45, FPS 37 (37? ? ?), FPS 30, FPS 30… Xi, acabaram-se todos os protetores com FPS baixos! Claro, com esse verãozão, todo mundo quer uma cor, certo?

ER-RA-DO!. Após o incidente no supermercado, passei a observar as pessoas. Todos mais brancos do que nunca, 100% das mulheres de sombrinha andando na rua. Oh, oh… cadê, onde botei minhas lentes culturais? Ah, achei!

Coreanos o-dei-am sol. Para ser mais exata, coreanas odeiam sol. Não por causa do câncer de pele, não por causa de uma insolação, não por causa de todos os motivos que são possíveis e passíveis. Na cultura coreana, pele bronzeada é sinônimo de pobreza, de gente que trabalha na roça de arroz de sol a sol. Em uma sociedade em que carregar uma bolsa Louis Vuitton é quase que obrigatório, ninguém quer ser categorizado de trabalhador braçal, e pobre… Padrão de beleza coreano é Branca-de-Neve: todos os cremes para rosto tem branqueador, e as maquiagens são todas translúcidas!

Tiradas as lentes culturais, só nos resta abastecer nosso estoque na próxima ida ao Brasil no final do ano. Ah, para esse verão já estamos garantidos!

Carpe diem! Selma

Anúncios

Read Full Post »